Inteligência Artificial: curso gratuito pela Universidade Stanford

Certa vez, o então CEO do Google Eric Schmidt, disse: “Os carros deveriam se dirigir. Termos inventado os carros antes dos computadores é um bug na história do homem”. Schmidt estava falando do carro autodirigível do Google, um projeto que mistura mandinga de ziriguidum e tecnologia e que no fim das contas serve para você economizar no taxi quando for voltar pra casa bêbado e sozinho. Isso e consertar todas as navalhadas que os barbeiros dão no trânsito. E o que isso tem a ver com um curso online e gratuito de introdução à Inteligência Artificial pela Universidade Stanford? Tudo.
Cursos online de qualidade não são novidade. Gratuitos, talvez, não são tão comuns, mas existem também. A novidade agora é que a Universidade Stanford vai oferecer mais pro fim do ano dois cursos muito interessantes para os geeks dessa parte da galáxia: Introdução aos Bancos de Dados e Introdução à Inteligência Artificial. Mas não pense que serão apenas algumas páginas estáticas com links para apostilas e vídeos: os caras vão usar um sistema de educação à distância da Amazon, vão corrigir exercícios, tirar dúvidas e resolver praticamente tudo que os alunos teriam direito se estivessem presentes.
De volta ao carro do Google. O sistema de inteligência artificial que controla o carro do Google é liderado por um cara chamado Sebastian Thrun. Além de estar trabalhando para salvar o caótico trânsito terrestre um dia de cada vez, o sr. Thrun é também diretor do laboratório de inteligência artificial da… tcharam: Universidade Standford.
Para os que ainda não entenderam, ele será um dos professores do curso gratuito de inteligência artificial, a ser ministrado entre os dias 10 de outubro e 16 de dezembro de 2011. Isso mesmo, dois meses de aula. Tá pensando que é moleza? O outro professor é Peter Norvig, diretor do departamento de pesquisas do Google.
Claro que você não vai aprender a fazer um carro que dirige sozinho, mas é bem possível que aprenda o suficiente para iniciar conversas mais inteligentes que a rodada do brasileirão de domingo ou aquele meme que surgiu no twitter. No mínimo vai te abrir os olhos para coisas muito interessantes.
Olha só o Sebastian explicando mais sobre o carro do Google em um vídeo do TED:

Você não vai receber um certificado da Universidade Standford (eles são emitidos apenas para alunos matriculados na instituição), mas vai receber um prêmio de consolação, uma espécie de carta de reconhecimento atestando seu esforço e seu rendimento. Legal, né?
E o curso de banco de dados?
Não dei muita atenção ao curso de banco de dados porque ele não é tão vitaminado quanto o de inteligência artificial, mas é interessante para qualquer pessoa que queira se envolver com eles, tipo alguém que se interesse muito por data journalism. O curso vai ocorrer entre os dias 10 de outubro e 12 de dezembro e será ministrado pela Jennifer Widom, diretora do departamento de Ciência da Computação da Universidade Stanford. Quem quiser dar uma olhada nas credenciais da bela moça ou simplesmente dar uma de stalker, basta acessar a página pessoal dela na universidade.
Gente. Isso é muito sério. Uma das melhores universidades do mundo se preparando para dar aulas desse nível não é algo comum. É a utilização da internet elevada à excelência. Se conseguir tocar as aulas com seriedade, não perca essa oportunidade… afinal, seremos colegas; você, eu e as 60.000 pessoas que já se inscreveram.
PS: Ontem eu prometi que continuaria a série de posts sobre o Processing hoje, mas o CMS resolveu ficar de chico e tomou a maior parte do tempo até eu arrumar os problemas. O conteúdo está pronto, só não vou liberar agora por causa do horário.